Seguidores

terça-feira, 28 de junho de 2011

Partida

Imagem via Google/Imagens


Partida


Vi lágrimas teus olhos inundar
Foi a saudade ainda futura
Na despedida fazendo moldura
Pro meu coração cativar

Teus braços a me envolver
Em silêncio ensurdecedor
Gritaram um grande amor
Maior que o vindouro sofrer

Parto pra voltar pra perto
A distancia que irá se fazer
É alimento pro nosso querer

O quão grande não vai importar
Juntos estamos em qualquer lugar
Pois estás toda sempre comigo
E é contigo que eu quero estar!

Anderson Machado

5 comentários:

  1. linda poesia parabens

    ResponderExcluir
  2. Como sempre... Arrasa! Sou sua fã...

    Beijos,

    Flávia Souza

    ResponderExcluir
  3. Perfeito, por pouco não foi um soneto, mas amor sempre o tema!

    ResponderExcluir
  4. Juntos é uma poesia com um toque diferente “interiormente” e ao mesmo tempo igual “exteriormente” do seu inconfundível estilo.
    Juntos é uma revelação inesperada com palavras impregnadas de sentimentos doces e profundos. Inspira no fundo um amor guardado no silêncio, na distância no despertar do sofrer. Todavia arrebatador; um amor imenso e profundo, sincero e inalterável.
    È o seu espírito, sempre em movimento, dentro do movimento.
    Solar

    ResponderExcluir
  5. Muito interessante a poesia, bem explícita. Gostei

    ResponderExcluir